É preciso ficar atento as datas de validade dos cosméticos

Recebi esse release por email e achei importante compartilhar com vocês, as vezes somos desatentos e precisamos prestar mais atenção nestas coisas.

Existe uma diferença nas normas dos EUA e Europa para o Brasil, por isso, é preciso ficar de olho também para não passar produto vencido na pele”

Quase toda mulher ama comprar cremes para o rosto, hidratantes para o corpo, diferentes protetores solares e por aí vai. Isso faz com que alguns produtos sejam rotativos no uso diário, assim, acabam ficando esquecidos por algum tempo até serem utilizados novamente. E aí que mora o perigo. Assim como sempre verificamos as datas de validade dos alimentos que consumimos também precisamos criar o hábito de olhar a validade dos cosméticos. Muita gente acha que não, mas, eles podem causar danos para a pele, inclusive manchas e marcas difíceis de tirar.

Aqui no Brasil é obrigatório que as datas venham com dia, mês e ano. Assim é possível saber exatamente até quando aquele produto estará próprio para o uso, desde que esteja fechado. Já nos EUA e Europa, geralmente, os produtos chegam às prateleiras com as indicações de 9M, 3M e assim por diante. Esses números significam quanto tempo esses produtos estão próprios para a utilização após a abertura do frasco, ou seja, não dá para saber ao certo quando ele foi fabricado.

img-cosmeticos-02

“Eu acredito que a regularização de rótulos do Brasil seja mais eficaz, pois, nos países que só colocam os meses válidos após a abertura, geralmente, os consumidores precisam ligar no SAC da empresa para solicitar por meio do número do lote a data de fabricação. Imagina na nossa correria termos que fazer isso, ninguém ia agüentar”, explica Lucienne Souza, cosmetóloga e diretora do Grupo Spa da Pele.

Uma questão que pode enganar o consumidor é a mudança da data de validade do produto após aberto. Por exemplo, a maioria dos cosméticos tem validade variada entre 2 e 3 anos, dependendo da composição, quando abertos eles passam a ter a validade reduzida para 3 ou 6 meses. “Isso acontece por diversos fatores, mas, podemos citar a entrada do ar, que contém uma série de microrganismos, o contato com as mãos, alteração de ambiente, umidade, entre outros”, completa Lucienne.

Em alguns cosméticos podemos perceber as mudanças, muitos ressecam, mudam de cor, ficam aguados e perdem o aroma. Passar um produto nessas características pode causar sérios danos à pele, desde uma simples irritação até alergias e manchas.

INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA:

AMBCom

Emília Rebelo- atendimento@agenciaamb.com.br

Você pode gostar também

17 comments

  1. Sempre fico atenta Jéu e da até vontade de chorar quando uma make vence e tenho que jogar fora rs, mas é melhor que dar uma reação né, beijos.

  2. Importantissimo seu post, Jeane, quase nunca atntamos para o fato de que se há uma regularização que exige data de fabricação e validade, é porque é de suma importancia.
    Eu mesmo só passei a atentar quando uma vez apliquei um delineador que irritou meus olhos, eles arderam muito e ficaram verlehos…lavei imediatamente, nem houve danos graves, mas vi que estava vencido, era um daqueles que a gente compra mas não usa muito, por ter descoberto um ‘melhor’…desde então, estou sempre muito atenta
    Beijos

  3. Eu já achava pouco o tempo de validade e agora descubro que é menos ainda …
    Apesar de não gostar de saber disso Jeane, rsrs, eu amei o post pois realmente não imaginava que após aberto diminuia o prazo, é bom estarmos atentas.

    Bjos
    Minda ❤

  4. Como eu uso pouca maquiagem as vezes quando vou fazer limpeza vejo produtos já fora da validade , secos, mais sempre tento ficar alerta.
    Obg pela dica.

  5. Jeane, seu blog está muito top! Layout super moderno! Amei! <3
    Achei muito interessante você falar sobre a validade de produtos estrangeiros, eu não sabia! Acho que muitas pessoas também não sabem! Ótimo post!
    Grande abraço! <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *