01 jan 2016
por Emmanuel Carneiro

Enfim, é chegado o tão esperado 2016. Aos sobreviventes, que com muito esforço conseguiram chegar até aqui, a merecida comemoração.

Eis um novo ano, um novo ciclo, 366 dias de novas oportunidades. Isso mesmo, 366 dias pois 2016 é um ano bissexto, portanto você terá um dia a mais para decidir o que fazer com ele, sim você decidir, pois depende unicamente de você. Seu fracasso e seu sucesso são respectivamente culpa sua e mérito seu.

E nesse novo ano vale focar em algumas dicas para buscar vivê-lo de melhor forma, como, por exemplo…

1. Autoconhecimento.
Conhecer a si mesmo é um dos pontos cruciais para a sobrevivência. Através do autoconhecimento você identifica seus pontos fracos, suas vulnerabilidades, seus limites, fraquezas, aquilo que te torna frágil. Consequentemente identifica também seus pontos fortes, suas habilidades, seus dons, a capacidade que possui de ir além, de superar-se, e no fim fica mais fácil seguir adiante, sabendo onde pisar, ou não.

2. Priorizar prioridades.
Já parou para pensar que algumas situações e/ou pessoas não merecem tanta importância como a que estamos dedicando a elas? Observe por um instante além do óbvio, tente mudar a ótica de observação, com um pouco de esforço, você conseguirá perceber que não precisa se preocupar tanto, que essa preocupação exacerbada prejudica seu bem-estar e, na maioria dos casos, te impede de ver a solução que pode estar bem a sua frente. Relaxa, por mais improvável que seja, pode ser a solução. Priorizando prioridades sua vida fica mais simples e organizada, mas pra isso, necessário é responder algumas perguntas… O que é prioridade pra você? Você prefere ser feliz ou ter razão?

3. Acredite em você.
Numa avaliação rápida e bastante superficial fica fácil constatar que existem mais pessoas querendo ver sua derrota que sua vitória. Infelizmente isso é uma constante na história da humanidade, e você faz parte dela. Porém, independente do resto do mundo, o importante é você acreditar em si mesmo (a). Tenha a si mesmo (a) como fator motivacional, não busque fora, olhe pra dentro. Busque mostrar a você mesmo (a) que você conseguiu, deixe o resto das pessoas apenas perceberem isso pelo reflexo do sucesso em suas conquistas. Quando olhamos pra nós mesmos em busca de superação, o que nesse caso nada tem haver com egoísmo, conseguimos perceber o que realmente importa.

4. Mude o foco.
Algumas vezes o fato de estarmos tão focados no acerto nos impede de alcançá-lo. Existem momentos que é necessário focar no erro, isso mesmo, focar no erro. Focar no erro não significa querer errar, significa que o erro merece mais atenção que o acerto. Pode parecer confuso, mas observando bem perceberemos que, eliminando os erros, fica óbvio que não restará outra alternativa senão acertar. Eliminando as alternativas erradas uma a uma, a que sobrar será sempre a alternativa correta. É lógico, é fato, e contra fatos não há argumentos. Portanto, mude o foco quando necessário, quando todas as “suas” alternativas estiverem esgotadas, eu falo das “suas” alternativas, não “as alternativas possíveis”, pois, muitas vezes tentamos jogar o jogo do nosso jeito e nem sempre é o jeito correto.

5. Jamais perca as esperanças.
Tenha em mente o seguinte… “O não da vida você já tem, o que vier será lucro”. Entendendo essa lógica você perde o medo da negativa e consegue ir além dos seus limites. Tenha em mente a esperança. Jamais perca a fé de que um dia você conseguirá. Por mais improvável que possa parecer, por mais longínquo que seja, jamais deixe de acreditar, agora não em você, mas nas oportunidades que a vida pode lhe proporcionar. Algumas vezes não depende apenas/tanto de nós, mas de um conjunto de fatores que envolvem seus esforços somados as oportunidades que surgem e para que tudo dê certo, mas você precisa acreditar.

Em fim, é isso. Dentre todas as felicitações que possam existir para esse novo ano, a que eu desejo pra você é que ele seja “diferente”, agora o quão diferente ele será, depende unicamente de você.

Feliz ano novo!

Abraços e até a próxima!

Emmanuel Carneiro
34 anos, cristão, designer, fotógrafo, músico, apaixonado por propaganda. Na área de desenvolvimento gráfico e web a dez anos, entorpecido pela fotografia a cinco. Amo o que faço pois faço o que amo.
Comentários Wordpress
5 Comentários para Em fim 2016…
  1. ilbellodiesseredonna escreveu...
    01 jan 2016

    Also I have to work a lot more about myself and improve what is wrong

    Responder
    • Jeane Carneiro escreveu...
      01 jan 2016

      Very good, I’m thinking the same.

  2. Tássia Barelli escreveu...
    01 jan 2016

    Amei suas dicas, de verdade!
    Todas muito motivadoras e verdadeiras.
    Beijos linda! Feliz ano novo!!

    Blog Impulso Feminino
    Fan Page Impulso Feminino
    Instagran: @impulsofeminino

    Responder
    • Jeane Carneiro escreveu...
      01 jan 2016

      Obrigada Tássia, feliz ano novo.
      Bjão

  3. Juliana Rabelo escreveu...
    01 jan 2016

    Tornar esse ano um ano inesquecível, fazendo coisas boas, amando o próximo. Feliz 2016!

    >>> http://gilustre.blogspot.com.br/

    Responder

Comentários Facebook
%d blogueiros gostam disto: